Destaque

Bolsonaro anunciará 13º do Auxílio Brasil para mulheres como mote do 2º turno

O presidente Jair Bolsonaro vai usar o Auxílio Brasil como principal arma na campanha para o segundo turno das eleições deste ano. O alvo será o eleitorado feminino, no qual ele enfrenta maior rejeição.

Nos próximos dias, o atual chefe do Palácio do Planalto pretende anunciar a promessa de que, se reeleito, vai pagar o 13º salário do Auxílio Brasil para as mulheres chefes de família a partir de 2023.

A avaliação do presidente é de que o benefício, que aumentou para R$ 600 em sua gestão, foi pouco explorado na campanha do primeiro turno e precisa ser mais bem trabalhado na segunda etapa do pleito.

Para cumprir a promessa, Bolsonaro precisará aprovar um projeto de lei no Congresso. Em março de 2022, o senador Alexandre Silveira (PSD-MG) apresentou proposta nesse sentido, mas ela não avançou.

A campanha de Bolsonaro avalia que a exploração do Auxílio Brasil como mote vai ajudá-lo a virar votos de eleitoras mulheres e, assim, a superar o ex-presidente Lula no segundo turno.

Auxílio Brasil é o programa de distribuição de renda do governo Bolsonaro que substituiu o Bolsa Família.

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *