Esportes

Campeonato amazonense – Negueba decide e São Raimundo sai na frente do Manaus na final

Inspirado, atacante do Tufão marca dois e garante vantagem sobre o Manaus no jogo de ida da final.

Esportes

Em um duelo movimentado, o São Raimundo saiu na frente do Manaus na final do Campeonato Amazonense. Contando com a estrela do atacante Negueba, autor de dois gols, o Tufão venceu por 2 a 1. Com isso, terá a vantagem de jogar por um empate no duelo de volta e, ainda assim, conquistar o título.

Tudo igual

O duelo entre São Raimundo e Manaus começou movimentado. Logo aos 5 minutos, Thiago Spice fez falta dura em Rossini e foi expulso, deixando o Gavião com um a menos. Com isso, o Tufão foi para cima e abriu o marcador nos minutos seguintes. Aos 18 minutos, o atacante Negueba matou no peito e mandou para as redes, fazendo um golaço.

O tento sofrido acordou o Esmeraldino. Mesmo com um jogador a menos, o Manaus foi para cima e conseguiu chegar ao empate. Aos 33 minutos, Edvan foi à linha de fundo e cruzou em direção a área. Sozinho, Vanílson apareceu e mandou a bola para as redes, deixando tudo igual antes do intervalo.

Gol relâmpago

Na volta dos vestiários, o Tufão voltou a tomar conta do jogo e logo ampliou. Aos 2 minutos, Negueba avançou pela direita e, após bela jogada individual, marcou outro golaço, deixando o São Raimundo na frente. Desta vez, porém, o Alviceleste manteve o controle do jogo e seguiu em cima.

Aos 9, Lucas Peteca lançou Negueba e ele quase fez o terceiro. O lance, contudo, havia sido impugnado por impedimento. Aos 11, o Manaus cobrou falta com Assis, mas o goleiro Matheus espalmou. Nos minutos finais, o Gavião tentou buscar o segundo gol para chegar ao empate, mas, sem precisão, o 2 a 1 foi confirmado.

Grande decisão

Manaus e São Raimundo voltarão a se enfrentar no próximo sábado (22) pela final do Campeonato Amazonense. Às 17h05, Tufão e Gavião entram em campo na Arena da Amazônia em busca do título estadual. Por ter vencido o duelo de hoje, o São Raimundo tem a vantagem de jogar por um empate e levar o título ainda assim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *