Caso Lucas: Jordana Freire cumprirá prisão domiciliar por envolvimento na morte de sargento em Manaus

Jordana Freire, esposa do empresário Joabson Agostinho, dono da rede de supermercados Vitória, deve cumprir prisão domiciliar. Na manhã desta quarta-feira (09), o casal voltou a ser preso suspeito de envolvimento na morte do sargento Lucas Guimarães em Manaus. 

O delegado Ricardo Cunha, afirmou que a Justiça do Amazonas decidiu que Jordana deve cumprir sua pena em casa. O inquérito sobre o assassinato do sargento Lucas Ramon deve ser enviado no prazo de 10 dias.

O gerente Romário Vinente Bentes, que trabalhava com Joabson foi preso, além de uma mulher identificada como Kamylla Tavares da Silva, durante a Operação “Lucas 8:17, em referência ao trecho da bíblia que diz: “Porque não há nada oculto que não venha a ser revelado e nada escondido que não venha a ser conhecido trazido à luz”.
Duas mulheres identificadas como Kayandra Pereira Castro e Kayanne Castro Pinheiro dos Santos seguem foragidas e são apontadas como ‘participantes secundárias’ do assassinato do sargento.

Fonte: Mix de noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *