25 de junho de 2021
  • 18:47 Vice-governador do AM, Carlos Almeida Filho diz que denúncia da PGR é infundada
  • 15:16 Sucateado Na Gestão Anterior, Governo David Almeida Restaura Atuação Do Manausmed
  • 12:02 PGR Denuncia Vice Do Amazonas, Mas PF Diz Que Não Achou Nada Contra Ele
  • 11:25 Servidores denunciam diretora do HPS 28 de Agosto
  • 23:59 Prefeitura De Manaus Entrega 42 Novos Ônibus Ao Transporte Coletivo
  • 23:53 Gasolina E Diesel Ficarão Mais Caros A Partir Desta Sexta-Feira
  • 23:48 Vereador Peixoto acompanha entrega de ônibus novos realizada pela prefeitura de Manaus
  • 22:21 Prefeitura de Presidente Figueiredo lança Comitê Gestor do Setor Primário e assina Termo de Cooperação Técnica com a SEPROR
  • 22:19 Álvaro Campelo defende realização de concurso público para reforçar segurança pública no Amazonas
  • 22:14 David Almeida completa 100 dias e convoca coletiva para balanço
  • 18:34 Morre O Apresentador Victor Santana, Por Complicações Da Covid-19
  • 23:52 Homem E Preso Em Flagrante Por Descumprimento De Medida Protetiva No Bairro Tancredo Neves
  • 23:41 Morre Cantora E Radialista Jorgina Viana Vítima De Câncer
  • 23:29 Bebê De 2 Meses Tem Afundamento Do Crânio Após Ser Torturado Pelos Pais
  • 21:28 Prefeitura de Manaus e ciclistas se reúnem para discutir campanha de segurança no trânsito
  • 02:16 Sandy & Junior Ocupam As Tardes De Domingo Da Globo
  • 01:48 NO AMAZONAS, AULAS DO ENSINO MÉDIO NA REDE PRIVADA SÃO RETOMADAS
  • 17:25 Morre aos 41 anos vítima de câncer, Bruno Covas, Prefeito de São Paulo
  • 00:29 Desembargador nega pedido de Elizabeth Valeiko para anular quebra de sigilo telemático
  • 00:23 ONU: Trabalho informal em massa pode retardar recuperação pós-Covid
  • 00:15 Campeonato amazonense – Negueba decide e São Raimundo sai na frente do Manaus na final
  • 00:21 Exploração da costa amazônica cresce de modo desordenado e preocupa cientistas

Os cargos são para as áreas de Auditoria Governamental, Auditoria de Obras Públicas, Auditoria de Tecnologia da Informação, e também há vagas no Ministério Público de Contas. 

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) divulgou, nesta segunda-feira (10), o edital do concurso público para provimento imediato de 40 vagas. Os salários são de R$ 8.328,77 e mais benefícios.

Os cargos são para as áreas de Auditoria Governamental, Auditoria de Obras Públicas, Auditoria de Tecnologia da Informação, e também há vagas no Ministério Público de Contas.

O edital completo foi disponibilizado no Diário Oficial Eletrônico (DOE) do TCE-AM e no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV). As inscrições devem ser realizadas no período de 17 de maio a 15 de junho deste ano, no site da FGV.

De acordo com o edital, das 40 vagas:

18 são para área de Auditoria Governamental;

5 são para área de Auditoria de Obras Públicas;

15 são para área de Auditoria de Tecnologia da Informação;

e 2 vagas serão destinadas ao Ministério Público de Contas (MPC).

Requisitos

Para a área de Auditoria Governamental, o candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Para a área de Auditoria de Obras Públicas, o candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer das áreas de formação da Engenharia ou Arquitetura, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Para a área de Auditoria de Tecnologia da Informação, o candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em tecnologia da informação, em todas as suas acepções, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Já para o Ministério Público de Contas, o candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Provas

Segundo o edital, as provas escritas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório serão realizadas em Manaus, nos dias 21 (quarta-feira) e 28 (quarta-feira) de julho, pela manhã, para a área de Auditoria Governamental, e à tarde, para a Auditoria de Tecnologia da Informação, Auditoria de Obras Públicas e Ministério Público de Contas.

A prova escrita objetiva, para todos os cargos/áreas, será composta por 100 questões, sendo 50 questões de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa e Controle Externo) aplicadas no primeiro dia de prova e 50 questões de Conhecimentos Específicos aplicadas no segundo dia de prova. Todas as questões terão cinco alternativas.

Os Conhecimentos Específicos diferenciam para cada área. Para a área de Auditoria Governamental, as 50 questões de Conhecimentos Específicos serão de Administração Financeira e Orçamentária, Contabilidade Geral, Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Auditoria e Controle da Administração Pública, Transparência na Administração Pública, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Administrativo.

Já para o Ministério Público de Contas, as 50 questões de Conhecimentos Específicos serão de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Financeiro, Direito Penal, Direito Civil, Direito Processual Civil.

Para os cargos de Auditoria de Obras Públicas e Auditoria de Tecnologia da Informação, os conhecimentos básicos são em Língua Portuguesa, Controle Externo, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Administrativo. As especificações dos Conhecimentos Específicos para os cargos de Auditoria de Obras Públicas e Auditoria de Tecnologia da Informação podem ser conferidos no Edital. 

Silvio Caldas

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT