Política

David Almeida deve ser convocado a depor CPI da Covid

Político é acusado de envolvimento em esquema para furar a fila de vacinas e deve ser o primeiro chefe de município a ser chamado

Fontes ouvidas junto ao Senado apontam que o prefeito de Manaus, David Almeida, deve ser um dos primeiros convocados como testemunha na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) aberta pelo Senado para apurar as “ações e omissões do governo federal durante a pandemia de Covid-19”. O colegiado possui uma pré-lista de eventuais convocados, e o nome do prefeito está entre eles.

A informação foi confirmada por integrantes do Congresso que tiveram acesso a pré-lista. Manaus é a capital brasileira mais afetada pela pandemia. Em janeiro deste ano, a cidade enfrentou crise com falta de oxigênio, levando dezenas de pacientes a morte por asfixia.

O caso é um dos focos da pandemia, e o governo federal é acusado de se omitir e retardar a compra de estoques de oxigênio e kits de intubação. Apesar de ter sido avisado com antecedência pela empresa White Martins sobre as baixas nos estoques do gás, o Ministério da Saúde não se antecipou ao problema.

David é acusado pelo Ministério Público de cometer os crimes de peculato e falsidade ideológica por supostamente montar um esquema para furar a fila da vacinação contra a Covid-19 na região. Além disso, de acordo com a revista Cenaruim, o prefeito teria suspendido o atendimento nos serviços de urgência e emergência para 40 mil servidores da cidade.

Até o momento, de acordo com informações de bastidores, David é o único prefeito convocado para depor. Manaus foi a primeira cidade do país a passar pela segunda onda da pandemia e já espera uma terceira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *