Manaus

Evacuação: Defesa Civil orienta 36 famílias do Monte das Oliveiras a deixarem as casas

Foto: Dhyeizo Lemos / Semcom

Trinta e seis famílias foram orientadas a deixarem suas casas na comunidade Monte Cristo, bairro Monte das Oliveiras, zona Norte, depois de um desbarrancamento ocorrido no domingo (12).  Nesta segunda-feira (13), as equipes da Defesa Civil de Manaus continuam com o monitoramento na localidade e identificação de residências, além de famílias que possam ser impactadas por conta das chuvas. 

“Nós já estamos monitorando a área do Monte das Oliveiras nos últimos dias. No último sábado nós fizemos o cadastro de sete famílias, mas no total, nós temos 36 famílias identificadas na área. Esse monitoramento será constante tendo em vista que com as chuvas a tendência é que o deslizamento na área continue evoluindo”, afirmou o coordenador da Central 199 da Defesa Civil de Manaus, Cristiano Lira.  

“A medida que o cenário for evoluindo, nós vamos identificando novos cenários, novas residências e novas famílias”, apontou ainda.

CONTENÇÃO

Nesta segunda-feira (13), foram intensificados os serviços de contenção de erosão e desvio de tubulações da rede de drenagem, bem como limpeza e desobstrução da via estão sendo realizados. Quanto à assistência, as 36 famílias foram orientadas a deixarem o local. Não houve vítimas. “As famílias que precisavam sair, nós já fizemos o cadastro e já orientamos para que saíssem do local. Elas serão inseridas no Auxílio Aluguel no valor de R$ 600. A diferença do Jorge Teixeira para o Monte das Oliveiras é que no Monte das Oliveira as famílias são brasileiras, então elas têm pessoas/familiares em Manaus que podem acolhê-las”, explicou a diretora de Proteção Social Especial, Neila Sardinha.

Na Zona Norte, as áreas mais impactadas pelas chuvas nas últimas horas foram os bairros Monte das Oliveiras e Cidade Nova, com maior incidência de pontos de alagamentos e deslizamentos.

Informação: acritica.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *