Fametro apresenta projeto de revitalização da Santa Casa de Misericórdia

Santa Casa de Misericórdia (Foto: Phill Limma)

Foi realizada na noite desta quarta-feira (11), a apresentação de um estudo arquitetônico para a revitalização da Santa Casa de Misericórdia, localizada na Av. 10 de julho, no Centro de Manaus. A iniciativa é da Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro), que adquiriu o local para a construção do Futuro Hospital Universitário Fametro. 

Durante o evento, que contou com a presença da diretoria da instituição, entre eles o presidente do grupo Fametro, Wellington Lins, e da atual reitora da universidade, Maria do Carmo Seffair, foi anunciado que as obras no local terão início já na quinta-feira (12) pela manhã. De início, as obras começarão com o telhado do local, e serão seguidas para as demais partes do prédio assim que houve a liberação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). 

Vale lembrar que a Fametro comprou o prédio da Santa Casa de Misericórdia por R$ 9,3 milhões, em um leilão, em novembro de 2019. Segundo a reitora da instituição de ensino, assim que as demais liberações forem confirmadas, todas as obras no local devem ser concluídas em pouco mais de dois anos. “É um projeto longo, difícil. Mas acredito que em dois anos, dois anos e meio, a Santa Casa vai estar pronta. O valor dela não importa para um investidor, o que importa é agregar este local com o curso de medicina da Fametro, então vamos ter o hospital com o curso de medicina”, afirma o presidente do grupo Fametro, Wellington Lins. De acordo com a diretoria da Fametro, o Hospital Universitário irá contribuir na formação dos estudantes dos cursos de saúde, como medicina, enfermagem e radiologia. O Projeto deve manter todas as características históricas do local, ao mesmo tempo que vai o transformar em uma unidade moderna. “O atendimento será via SUS, e terá uma ala com atendimento privado. A sessão do hospital universitário será para atendimento da população sem custo. Nós pretendemos a partir da criação desse hospital criar uma nova régua [de qualidade em serviço] para os hospitais aqui de Manaus”, afirma a reitora da Fametro, Maria do Carmo Seffair. O Hospital Universitário Fametro será um Estabelecimento Assistencial da Saúde (EAS) de média complexidade e que comportará desde o atendimento de prestação a assistência à saúde, como regime de internação. Além do prédio da Santa Casa, que funcionará com os regimes ambulatoriais, administrativo e de ensino, também será construído um novo Hospital Anexo, que abrigará as unidades de diagnóstico e terapia. Nele haverão os seguintes serviços: Raio X, ressonância magnética, tomografia, densitometria, mamografia, eletrocardiograma, holter, regime de internação e obstetrícia (com quartos para parto humanizado). “Uma obra dessas tem como finalidade, em primeiro lugar, o serviço, o bem estar da população. O investimento que se faz, talvez dê lucro a longo prazo, mas é mais um legado que se quer deixar para a sociedade. De fato, isso traz um outro tipo de valor, não apenas o monetário, mas algo inestimável”, ressalta a reitora da instituição.

Fonte: acritica.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *