25 de junho de 2021
  • 18:47 Vice-governador do AM, Carlos Almeida Filho diz que denúncia da PGR é infundada
  • 15:16 Sucateado Na Gestão Anterior, Governo David Almeida Restaura Atuação Do Manausmed
  • 12:02 PGR Denuncia Vice Do Amazonas, Mas PF Diz Que Não Achou Nada Contra Ele
  • 11:25 Servidores denunciam diretora do HPS 28 de Agosto
  • 23:59 Prefeitura De Manaus Entrega 42 Novos Ônibus Ao Transporte Coletivo
  • 23:53 Gasolina E Diesel Ficarão Mais Caros A Partir Desta Sexta-Feira
  • 23:48 Vereador Peixoto acompanha entrega de ônibus novos realizada pela prefeitura de Manaus
  • 22:21 Prefeitura de Presidente Figueiredo lança Comitê Gestor do Setor Primário e assina Termo de Cooperação Técnica com a SEPROR
  • 22:19 Álvaro Campelo defende realização de concurso público para reforçar segurança pública no Amazonas
  • 22:14 David Almeida completa 100 dias e convoca coletiva para balanço
  • 18:34 Morre O Apresentador Victor Santana, Por Complicações Da Covid-19
  • 23:52 Homem E Preso Em Flagrante Por Descumprimento De Medida Protetiva No Bairro Tancredo Neves
  • 23:41 Morre Cantora E Radialista Jorgina Viana Vítima De Câncer
  • 23:29 Bebê De 2 Meses Tem Afundamento Do Crânio Após Ser Torturado Pelos Pais
  • 21:28 Prefeitura de Manaus e ciclistas se reúnem para discutir campanha de segurança no trânsito
  • 02:16 Sandy & Junior Ocupam As Tardes De Domingo Da Globo
  • 01:48 NO AMAZONAS, AULAS DO ENSINO MÉDIO NA REDE PRIVADA SÃO RETOMADAS
  • 17:25 Morre aos 41 anos vítima de câncer, Bruno Covas, Prefeito de São Paulo
  • 00:29 Desembargador nega pedido de Elizabeth Valeiko para anular quebra de sigilo telemático
  • 00:23 ONU: Trabalho informal em massa pode retardar recuperação pós-Covid
  • 00:15 Campeonato amazonense – Negueba decide e São Raimundo sai na frente do Manaus na final
  • 00:21 Exploração da costa amazônica cresce de modo desordenado e preocupa cientistas

O Ex-prefeito de Manaus (Rei Arthur), aquele da espada caída, chegou ao fim de sua desastrosa e desnorteada gestão insistindo em iniciar obras confusas e sem nenhum tempo hábil para conclusão, haja vista que as obras duvidosas que o mesmo manteve a passos de jabuti com cãibra, causaram muitos transtornos e prejuízos para a cidade de Manaus. E ainda manteve Marcos Roto como bi-vice-prefeito.

David Almeida, Prefeito de Manaus, amarga hoje a herança maldita de Arthur. Além do vice, as obras.

De rei para rei, a história não alterou seu curso. Saiu Arthur, entrou David e a falta de seriedade e compromisso se repete com a cidade e com as pessoas que acreditaram em ambos.

Arthur desceu ao nível mais baixo que um homem público pode imaginar-se descer. Abandonou toda a sua trajetória politica e sua história tão cara. Jamais será esquecido pelas maldades cometidas contra o povo de Manaus e suas ações em favor de sua paixão e dos seus. Arthur é uma página infeliz da nossa história.

Rei David

Em menos de um mês à frente da Prefeitura de Manaus, o Prefeito David Almeida apontou como campeão de reclamações e repúdio contra seus atos impensados e mal planejados no governo municipal.

Antes mesmo de assumir, nomeou pessoas estranhas para assumir cargos importantes na gestão municipal. Por exemplo. A pasta da saúde foi ocupada pela esposa de seu adversário politico, o cacique do partido Podemos, Abdala Fraxe, Pauderney que não deu certo na Educação na gestão de Arthur foi indicado, Marcos Rotta, o oportunista, foi nomeado para a Secretaria de Obras.

Depois veio o escândalo das patricinhas recém-formadas na escola da família que assumiram cargos que exigem preparo técnico, experiência e qualificação, como é o caso de gerencia de projetos (mas que projetos?), e que se tornaram capas da Revista Veja, quando em detrimento aos verdadeiros profissionais que atuam na área da saúde, foram fotografadas e fizeram piadas com a população que não tem acesso sequer ao atendimento primário, a não ser nas propagandas da Prefeitura e com quem realmente precisa e merece a vacinação.

Não satisfeito, o rei David nomeou para diretorias na MANAUSCULT.  Elias Emanuel agora é diretor do Departamento de Grandes Eventos, e Reizo Castelo Branco é diretor do Departamento de Difusão Cultural e Carlos Porta Gerente do Café Teatro. David Almeida também nomeou a esposa do vice-governador Carlos Almeida, Tarciana Almeida.  Tarciana havia sido nomeada primeiramente para o cargo de diretora de Área, integrante do Conselho Municipal de Cultura, órgão vinculado a MANAUSCULT (Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos). Na mesma edição do DOM foi colocada no cargo de diretora na Casa Civil.

Os ex-vereadores, após anos ocupando uma cadeira na CMM (Câmara Municipal de Manaus), não conseguiram se reeleger nas eleições do ano passado. Entretanto, ganharam emprego público na estrutura da nova gestão municipal. Os dois foram derrotados nas urnas nas eleição de 2020. Elias Emanuel estava na Câmara desde 2005, conseguiu se reeleger por quatro mandatos seguidos. Reizo foi vereador pela primeira vez de 2009 a 2012. Se ganhasse ano passado, iria para o quarto mandato seguido.

Nomeações de concursados, auxílios sociais e outras promessas foram suspensas

No primeiro ano de gestão o prefeito David Almeida afirma tentar reduzir despesas com pessoal e alega a crise causada pela Covid-19. As medidas serão adotadas até o dia 31 de dezembro de 2021.

No discurso de posse, em 1º de janeiro, o prefeito reclamou do orçamento aprovado para a cidade, que seria de R$ 600 milhões a menos. “Seremos implacáveis com o desperdício, seremos implacáveis com os gastos supérfluos. E nós temos a obrigação de, com esse orçamento, fazer mais com menos”, disse. E qualificou de “inimigos” o mau serviço público e sua ineficiência, a falta de atendimento na saúde, o transporte coletivo de má qualidade, entre outros. Voltou a afirmar que vai instituir metas e buscar resultados. será?

O decreto foi publicado no Diário Oficial. O prefeito também suspendeu a criação de conselhos ou comissões remuneradas, criação ou alteração de planos de cargos e ainda qualquer criação de auxílio, bônus, abonos ou benefícios de qualquer natureza. Ou seja, quem prestou concursos e esperava a prometida nomeação, “esqueça, ele não te ama!”.  O que para o Prefeito não é gasto ou nomeação desnecessária está em curso e o povo que se dane.

Reações dos Manauaras

A população reagiu indignada às ações esdrúxulas de Almeida. Norma Araújo, conhecida como “Manazinha”, manifestou sua indignação pelo momento critico que passa o Estado do Amazonas e a cidade de Manaus diante da crise da pandemia.

“já começou tudo errado. Eles debocham da cara da gente, a gente vai pra rede social, fala o que a gente pensa, mas o povo nunca, nunca é ouvido. Olha só essas contratações para a cultura de Manaus. Eu não tenho nada contra esses cidadãos, mas na cultura tem estar gente que faz cultura, que entende de cultura e sabe o que está fazendo. Mas é tudo conchavo, maracutaia e o vereador que não foi reeleito recebe como prêmio de consolação a cultura do Município, como se a cultura fosse lixo. Elias é repórter, não artista, Carlos Porta é um palhaço, Reizo… David Almeida, fala sério, põe gente de qualidade na cultura, ouça nossas indignações, abre teus ouvidos”. Asseverou Norma.

Para o Eletricista Gerson Vieira, o absurdo e o desrespeito se manifestam com ferocidade nas ações do Prefeito que neste primeiro momento se mostra ou mostra a sua cara mais feia que de Arthur. “É de causar nojo o que esse senhor está fazendo, agindo como um incauto, como alguém que tem desprezo pelo povo de Manaus. Ele se diz cristão, mas é tão sonso que se faz de ingênua. Cristão não faz maldades, pelo contrario, pratica o amor ao próximo, quem dirá ao povo de uma cidade que o escolheu para governar. Esse senhor se apresenta como uma fera cruel e está agindo pior que o Arthur desde quando escolheu seu vice. Causa nojo e muito mais”, Afirmou vieira.

Diversas pessoas e sites de noticias têm criticado as atitudes desastradas de Almeida.

Jornais revistas e Portais de noticias de todo o pais têm apresentado noticias de conteúdo questionador e levantado temas sobre as ações do Prefeito que em pleno período de emergência na saúde, toma atitudes absurdas e abusivas, que nega o direito à informação, que coloca amigos e bajuladores sem nenhuma qualificação em cargos de confiança e que trata a cidade de Manaus como extensão de sua casa e de seus negócios.

Contratação de recém-formados para cargos criados na Secretaria de Saúde

Na época, em meio às polêmicas sobre a vacinação do grupo, o prefeito de Manaus, David Almeida, negou as irregularidades, disse que se tratava de fake news e chamou os investigados de heróis. A secretária de saúde de Manaus, Shádia Fraxe, justificou a contratação do grupo, alegando a falta de recursos humanos.

Todos se tornaram alvo de investigação porque estavam entre os primeiros vacinados contra a Covid-19 e tinham sido contratados havia poucos dias pelo gabinete da Prefeitura. Na época, o Ministério Público citou que a contratação deles foi “falsamente” para o cargo de gerente de projetos, o que levantou suspeita de falsidade ideológica.

Entre os nomes, estavam das gêmeas Isabelle e Gabrielle Kirk Maddy Lins. As duas receberam a primeira dose da vacina no dia 19 de janeiro, mesmo dia em que uma delas foi contratada. A outra foi efetivada no cargo dia 18, um dia antes.

Em relação a esses dez “médicos”, o MPE apontou que: foram contratados “falsamente como gerente de projetos”, mas trabalhavam em unidades de saúde.  A nomeação foi intermediada pela médica Ilcilene de Paula da Silva, com a participação da secretária municipal de Saúde, Shadia Fraxe, e do assessor Djalma Pinheiro Pessoa Coelho. A nomeação para o cargo de gerente de projetos partiu do prefeito David Almeida;

O grupo era formado por pessoas com “ligações políticas e econômico-financeiras de apoio político e eleitoral ao atual prefeito”. As nomeações ocorreram em 18 e 19 de janeiro, quando as primeiras doses de vacina foram aplicadas em Manaus e no interior do Amazonas. Alguns dos “médicos” tinham feito o registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) em período de 10 a 35 dias antes da contratação; o cargo criado no momento da contratação, de gerente de projetos previa o salário de R$ 9 mil. Já a remuneração de médicos temporários da prefeitura é de R$ 6,9 mil.

Aberrações na vacinação

A Prefeitura de Manaus decretou a exoneração de sete dos profissionais de saúde citados pelo Ministério Público do Amazonas, em investigação sobre os “fura-filas” na campanha de vacinação contra Covid-19.

O caso veio à tona à medida que as duas filhas de Niltinho Lins, empresário grande da capital amazonense, registraram a vacinação nas redes sociais, antes de muitos profissionais da linha de frente do combate à Covid-19.

Após repercussão, o Tribunal de Contas do Amazonas solicitou ao governo do estado uma lista nominal de vacinados. Em nota, na ocasião, a prefeitura de Manaus negou irregularidades e afirmou que autorizou a vacinação das irmãs.

Surra santa

Agora, David está sendo cobrado por um grupo de Pastores evangélicos que alegam tê-lo apoiado em sua campanha para a Prefeitura e que até o momento não tiveram cumpridos os compromissos assumidos pelo prefeito durante os acordos de campanha.

Um pastor enviou mensagem por Watsapp ao prefeito reclamando da falta de palavra e compromisso com o grupo e chegou a ameaçar David de levar uma “SURRA DE PASTORES” caso não resolvesse as pendências e os compromissos assumidos.

Em um trecho da mensagem, descontrolado e aos gritos, o homem que se dizia ser apóstolo, fala para que David Almeida “vire homem e resolva o compromisso assumido com os pastores”. O apóstolo denuncia ainda que a “família Almeida” está ganhando dinheiro: “tu tá resolvendo a tua vida, a Dulce tá resolvendo a vida dela, o Daniel resolve o dele… tá só ganhando dinheiro,,, só prosperando…”, disse.

Água ou cargos?

O apóstolo usa ainda uma metáfora quando fala que o prefeito pediu “pra cavar o poço, que ia ter água pra beber… e tá todo mundo morrendo de sede”, em uma linguagem figurada de que o prefeito pediu para que todos o ajudassem, se empenhassem atrás de votos e quando fosse eleito, ele os ajudaria.

Agora fica a pergunta: senhor Prefeito; quando irá honrar os compromissos assumidos com aqueles que o levaram ao trono da PMM? Afinal, o que se vê são seus adversários políticos assumindo cargos enquanto os que lutaram por você ficam do lado de fora dos muros do castelo correndo risco de levarem flechadas ou banho de óleo quente. Seja justo Rei David!

A imprensa séria e os Jornalistas de verdade estão e estarão sempre atentos ao interesse público e jamais compactuarão com atos lesivos à sociedade e seus cidadãos. É preciso manter o respeito pelas pessoas que de fato merecem atenção e estão sendo lesadas em seus direitos. Estamos de olho e reconheceremos quando os governos fizerem coisas boas, mas criticaremos sim, quando ocorrerem fatos reprováveis contra a coisa pública. Assim, o Estado do Amazonas e a Cidade de Manaus, se destacam na mídia local e nacional como o pior lugar do Brasil para se estar neste momento e que como navios sem leme, rumam em direção às rochas

Silvio Caldas

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT