Internacional

GUERRA NA UCRÂNIA: ONU anuncia mais de 700 civis mortos nos ataques russos; Biden chama Putin de ‘ditador assassino’

O presidente americano Joe Biden voltou a afrontar Vladimir Putin, da Rússia: desta vez ele o chamou de ‘ditador assassino’ e ‘marginal’
Na véspera, ele o classificou como ‘criminoso de guerra’, comentário que o Kremlin considerou ‘imperdoável’
Em Mariupol, pelo menos 130 pessoas foram resgatadas de um teatro bombardeado; ucranianos acusam forças russas pelo ataque
Na ONU, a Rússia negou o ataque ao teatro e também a uma maternidade, os quais classificou como ‘fake news’
Segundo as Nações Unidas, mais de 700 civis morreram durante os conflitos, incluindo 52 crianças.
Esta mensagem de erro é visível apenas para administradores do WordPress

Erro: nenhum feed encontrado.

Vá para a página de configurações do Instagram Feed para criar um feed.

O embaixador russo na ONU, Vasily Nebenzya, disse ao Conselho de Segurança que a Rússia negou os ataques a uma maternidade e a um teatro que atingiram civis na cidade de Mariupol.Segundo o russo, as imagens dos ataques e das vítimas, divulgadas pela imprensa ocidental, seriam “propaganda”. A maternidade, disse o embaixador, serviria como uma base militar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *