Brasil

Lira autoriza CPI do MST na Câmara

Foto: Reprodução

Na noite desta quarta-feira, 26, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), leu o requerimento da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Agora, os líderes partidários devem indicar os membros do colegiado para que a CPI seja instalada.

Conforme apurou Oeste, o colegiado vai ser composto de 27 deputados federais titulares e de outros 27 suplentes. De autoria do deputado federal Tenente-Coronel Zucco (Republicanos-RS), a CPI deve investigar qual o verdadeiro propósito do MST, quem são os financiadores do movimento e qual a situação das propriedades invadidas.

“O homem do campo esperava a abertura da CPI”, explicou Zucco. “Neste ano, temos um fato concreto, que é a escalada de invasões em propriedades privadas. Nada está sendo feito por parte do governo Lula. Vamos nos reunir com os deputados, montar uma estratégia e investigar os financiadores, as ações de políticos que apoiam as invasões e as omissões desse governo.”

Com 171 assinaturas, o requerimento recebeu o apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Segundo um levantamento da FPA, desde o início da gestão petista, o MST invadiu 35 terras no Brasil.

*Com informação Revista Oeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *