Cultura

O carnaval de Manaus fica de luto antes das cinzas. Partiu Paulo Onofre

Na véspera da quarta-feira de cinzas, em plena terça-feira de carnaval, quando em tempos normais o Brasil vive seu máximo momento da festa do carnaval, um dos maiores incentivadores do carnaval tradicional, promotor de festivais de marchinhas e da famosa Banda do Jaraqui, o grande folião e ativista político, defensor da Amazônia e da cultura popular, Paulo Onofre Lopes de Castro partiu prematuramente nesta tarde de terça de carnaval, dia 1 de março, num momento em que muitos aguardavam ansiosamente pelo resultado do 7º Festival de Marchinhas de Manaus, evento que o mesmo havia estendido para o Município de Óbidos, sua terra natal, no Estado do Pará.

Paulo Onofre, ativista político, teve atuação marcante nos movimentos Pró-encontro das águas, Reconstrução da BR319, contra corrupção e por uma Politica limpa e sem corrupção. Foi assessor parlamentar do Vereador Mario Frota e do Senador Evandro Carreira. Criador do Movimento Ribeiro Junior e partícipe ativo na criação do Projeto Jaraqui.

Paulo Onofre Lopes de Castro nasceu em 28/11/1956 e faleceu no dia de hoje aos 65 anos de idade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *