Esportes

Seleção Feminina de futebol vence Copa-América mas bandeira do Brasil é vetada na comemoração

Foto: Reuters / Amanda Perobelli

A Seleção Brasileira de Futebol Feminino conquistou a Copa América, no último final de semana, mas a Bandeira do Brasil foi vetada na cerimônia de premiação. A vitória veio contra a equipe anfitriã na final, com placar de 1 a 0, com gol de Debinha, em cobrança de pênalti. Infelizmente, o que mais chamou a atenção aconteceu durante a cerimônia de premiação, quando a atacante reserva Giovana foi impedida ir ao pódio com a bandeira do Brasil nas costas. Um membro credenciado do torneio abordou a jogadora para que ela entregasse o símbolo brasileiro antes de receber sua medalha.

Não é possível identificar se a pessoa que recolheu a bandeira trabalha para a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) ou para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

A cena incomodou alguns torcedores brasileiros e o vídeo circula na internet nesta terça-feira (2). Muitos perfis levantam a possibilidade de censura.

Segundo o artigo 107 regulamento da Copa América Feminina, “é obrigatório o uso do uniforme oficial da delegação na cerimônia de premiação. Não será permitida a entrada de atletas na cerimônia com o torso nu, com roupas que façam qualquer alusão comercial, portando bandeiras com alguma inscrição ou com as bandeiras de seus países”. Esse veto às bandeiras é uma novidade nas competições internacionais de futebol, pois a bandeira do Brasil esteve presente nas comemorações do tetra e do penta.

Fonte: horabrasilia.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *