Política

Vergonha manauara: Vereador William Alemão faz dança do “urso” e deboche com o povo de Manaus

A falta de consciência e visão política continua levando a cargos públicos eletivos, pessoas sem preparo e muitas vezes debochados e zombadores. Já vimos casos em níveis nacional, estadual e municipal, que a principio parecem engraçados, mas na realidade são desastrosos.

Por todo o Brasil a população têm elegido pessoas que emporcalham o parlamento ou mesmo o executivo. São elementos inescrupulosos que pensam que o lugar onde ocupam o cargo seja um puxadinho de suas casas.

Já tivemos Severino Cavalcante e Tiririca, no Senado o Amazonas já teve a infelicidade de não contar com Vanessa e Alfredo Nascimento. Na câmara Federal, o atual quadro de Deputados é algo PRALAMENTAR. Na ALEAM temos na atual legislatura algo vergonhoso, destaquem-se as Marias Escandalosas que protagonizam cenas de baixaria, agressões físicas e verbais, ameaças e tentativas de vitimismo. Uma com aparência intelectual, outra com jeito e aparência de quem não tem a menor noção do que faz e o porquê de se estar no cargo ou através de quem e para quê foi colocada ali, ou nos bastidores, quem o dono do seu mandato.

Recentemente tivemos um prefeito com comportamento de velho babão e apaixonado; que em nome de sua paixão, fez absurdos contra a cidade e o povo de Manaus, que em nome de sua paixão assumiu de imediato, antes qualquer advogado, a defesa do filho de sua paixão e que deixou por todo o seu descaso, a cidade de Manaus destruída.

A eleição de 2020 revelou o despreparo e desconhecimento, além do autodesprezo que muitos cidadãos de Manaus têm por si e pela população. Foram eleitos seres estranhos em grande parte. Reconheça-se alguns eleitos que são sérios e merecem reconhecimento, qual é o caso do Vereador Rodrigo Guedes; mas não dá para ficar feliz com atitudes de um eleito que no dia da diplomação, entrou no salão cerimonial rastejando e portando um escudo de Capitão América, em total desrespeito ao Juiz Eleitoral e ao povo de Manaus.

Um policial, um estudante e um dono de bar. Dos três, só e estudante é ético

Agora surge esse cidadão que se intitula dono de um bar e que foi eleito com esse titulo para ser vereador de Manaus. O que esperar de alguém que foi nascido e criado convivendo em um ambiente insalubre e bagunçado, muitas vezes noticia de páginas policiais por conta de seus frequentadores que em grande parte têm comportamento antissocial e alterado. O costume de casa vai à praça, já diziam os antigos.

William Alemão, o vereador em questão, levou para o ambiente de trabalho, o  pior do comportamento aprendido em seu ambiente familiar. Igualmente a alguns incautos e incultos, o vereador utilizando-se de seu poder de “chefe”, colocou em um ambiente do gabinete 16 da Câmara Municipal de Manaus, suas assessoras e seus assessores para fazer o “balé do urso”, onde expõem seus jeitos e trejeitos reveladores.  

Durante o espetáculo macabro, qual foi publicado e em sua conta com acesso publico no Instagran, o vereador faz vários gestos obscenos e debochados e depois emite um sonoro “peido alemão” e várias palavras chulas, exibindo suas qualidades sociais e parlamentares.

O vídeo está circulando nas redes sócias e deixando muita gente indignada com a total falta de decoro do PRALAMENTAR. Alguém que não tem respeito nem por si, nem pelo cargo e muito menos pela população e no final tem a mensagem “acompanhe o trabalho”.

Que fazer palhaçada senhor germânico? Faça no seu bar, entre seus pares. Faça o que quiser, mas respeite o espaço que não é seu, o cargo que não é seu, o dinheiro que não é seu, o povo que não é seu e a cidade que não é sua. Respeite Manaus senhor Alemão!

Assista ao vídeo da vergonha (link aqui)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *