Wilson Lima dá início às atividades do Projeto Vida e Saúde do Idoso Ativo

FOTO: Bruno Zanardo/Secom

O governador Wilson Lima deu início, nesta sexta-feira (29/04), às atividades do Projeto Vida e Saúde do Idoso Ativo, que vai atender mais de 5 mil pessoas a partir de 60 anos, que fazem parte de mais de 65 grupos de idosos de Manaus e região metropolitana da capital. Serão oferecidas atividades nas áreas de saúde, cultura e esporte, entre outras.

Coordenado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), o programa vai oferecer atendimento por meio de uma equipe multiprofissional. São profissionais de educação física, dança, fisioterapia, nutrição, serviço social, enfermagem e psicologia, além de agentes de ação social.

“Eu tenho certeza que a gente está dando mais um passo em uma decisão acertada, que é o Projeto Vida e Saúde do Idoso Ativo. Na hora que a gente entra aqui, tem a certeza que está fazendo a diferença na vida de quem já contribuiu muito com a sociedade”, disse o governador, durante ações do projeto na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira.O Projeto Vida e Saúde do Idoso Ativo visa contribuir com a melhoria da qualidade de vida dos idosos, estimulando a participação deles nas ações e programas que privilegiem o envelhecimento ativo, com foco na cidadania, longevidade e inclusão social.

“Eles não precisarão se deslocar para uma UBS mais distante. Serão atendidos nos seus próprios grupos de idosos, lá na comunidade. Isso é fruto de uma política voltada para a inclusão da pessoa idosa. Política esta capitaneada pelo governador Wilson Lima”, disse o secretário Sejusc, Emerson Lima.Maria do Socorro da Silva Ferreira, 72, é aposentada e faz parte da Associação de Idosos Unidos Venceremos, que conta com aproximadamente 100 idosos“Eu acho muito importante, aliás, eu acho uma coisa muito gostosa de saber que o governador se preocupa com as pessoas da terceira idade. Hoje em dia, tem muita gente no estado que às vezes nem sabe desses projetos, e passam muitas necessidades, sofrem maus tratos. Quero agradecer a ele por essa iniciativa, pois eu tenho certeza que agora ele irá olhar com um olhar todo carinhoso, como se todos nós fôssemos seus avós”, disse Maria do Socorro.O secretário Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa, Antônio Costa, e as deputadas estaduais Joana Darc e Alessandra Campêlo participaram do pontapé inicial do projeto.Capacitação – No dia 3 de março, a Sejusc, por meio da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (FUnATI), iniciou a primeira aula de capacitação para os servidores que irão atuar no projeto Vida e Saúde do Idoso Ativo. Com o objetivo de capacitar os profissionais gerontólogos para que eles atendam aos idosos contemplados com o projeto de forma humanizada, seguindo todos os critérios de segurança, em relação à atenção básica à saúde deles.Inscrição – Para participar do projeto, a pessoa idosa pode procurar um grupo perto de casa, que seja cadastrado na Sejusc, e fazer a inscrição; ou se deslocar à sede da Secretaria Executiva Adjunta de Direitos Pessoa Idosa da Sejusc (Seadpi), na rua do Comércio, nº 270, bairro Parque 10.

Fonte: http://agenciaamazonas.am.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *